DICAS DE COMO MELHOR ARMAZENAR OS ALIMENTOS | VIVERDEQUÊ?
Fechar

Inscrição para o Curso: LEITES VEGETAIS - 10 NOV


15.mai
15.mai
DICAS DE COMO MELHOR ARMAZENAR OS ALIMENTOS

De acordo com pesquisas, as pessoas jogam fora cerca de 31,6 milhões de toneladas de alimentos a cada ano. Além de isso ser um grande desperdício de comida, também significa um grande desperdício financeiro. Imagine se cada 1 kg dessas toneladas correspondessem a R$5. Viu o prejuízo? Portanto, é importante desenvolver habilidades de armazenamento de alimentos de forma a otimizar sua utilização dos alimentos e assim, minimizar o desperdício.

É muito desagradável quando abrimos a geladeira ou armário para pegar aquele alimento que compramos há um tempinho e ele já não pode mais ser utilizado porque está estragado. Quem nunca passou por uma situação dessas e depois se lamentou de não ter preparado antes para não perder o alimento e nem ver seu dinheiro no lixo? Seria muito bom se os alimentos tivessem uma vida útil mais longa sem comprometer sua qualidade, seu sabor ou suas propriedades. Mas, apesar da comida estragar rapidamente, é possível fazer com que sua vida útil seja prolongada. Para isso basta alguns cuidados especiais que vão garantir mais um tempo para conseguir aproveitar tudo o que você comprou sem perder mais nada. Veja algumas dicas para conservar os alimentos.

Organização da geladeira

Organize a geladeira separando as frutas das verduras e demais produtos. Cada grupo deve estar em seu lugar correspondente para evitar a contaminação e deterioração. Para facilitar use organizadores transparentes

Controle a umidade da geladeira

Não deixe sua geladeira úmida. Mantenha as gavetas sempre secas para conservar melhor os alimentos naturais.

Consumo e validade dos alimentos

Resista à tentação de consumir os alimentos que acabou de comprar. Consuma aquilo que já está em estoque e depois os novos. Na despensa traga os alimentos antigos para a frente e coloque os alimentos com data posterior de validade na parte de trás. Na geladeira use a mesma lógica e coloque os alimentos que precisam ser consumidos antes na primeira prateleira.

Armazene em recipientes adequados

Nunca guarde as verduras diretamente na geladeira, fora de um saco plástico ou vasilhame. O gás da geladeira fará com que elas fiquem murchas.

Use potes de vidro

Conserve os alimentos já preparados ou prontos para uso em potes de vidro, pois potes de plástico pode manchar facilmente além de transmitir gosto e odor aos alimentos.

Salsinha e cebolinha

Conserve ervas como salsinha e cebolinha congelando-as com óleo ou azeite de oliva, e depois utilize essa mistura em seus pratos favoritos.

Cebolas

Não guarde as cebolas na geladeira, prefira os locais secos e arejados para que elas durem mais.

Maças e batatas

Guardar as maçãs e as batatas juntas retarda o processo de brotação das batatas por causa do gás etileno que a fruta libera naturalmente.

Bananas

Separe as bananas do cacho e envolva seus cabinhos com filme plástico para retardar o amadurecimento. Você também pode envolver todas elas sem soltá-las, mas cuidado na hora de retirar uma para não bagunçar o embrulho.

Morangos

Deixe os morangos de molho numa solução de água e vinagre de maçã, depois escorra e enxágue. Essa solução impedirá que amoleçam ou juntem bolor.

Frutas vermelhas

Guarde as frutas delicadas como amoras, framboesas e morangos sempre em uma única camada. Não deixe que uma fruta fique em cima da outra para que se mantenham por mais tempo e não machuquem umas às outras pelo peso.

Saladas e folhas

Guarde sua salada num recipiente tampado ou filme plástico e juntamente com as verduras coloque uma folha de papel toalha para que ele absorva a umidade.

Brócolis e Aipo

Envolva o brócolis e o aipo em papel alumínio antes de colocar na geladeira para que se mantenham frescos.

Tomates

Mantenha os tomates fora do saco plástico. O melhor lugar para guarda-los é em temperatura ambiente e sobre papel, longe da luz do sol.

Cogumelos

Os cogumelos frescos devem ser armazenados em sacos de papel, nunca em sacos plásticos.

 

Frutas e vegetais emitem um gás inodoro, inofensivo e insípido chamado etileno depois de serem colhidos. Todas as frutas e vegetais o produzem, mas alguns alimentos o fazem em maior quantidade. Quando os alimentos que produzem etileno são mantidos em estreita proximidade com os alimentos sensíveis ao etileno, especialmente em um espaço confinado (como uma bolsa ou gaveta), o gás irá acelerar o processo de amadurecimento do outro produto. Use isso a seu favor, se você quiser acelerar o processo de amadurecimento de uma fruta verde, por exemplo, colocando uma maçã em um saco com um abacate verde. Mas se você quiser que os seus alimentos já maduros durem mais tempo, lembre-se de mantê-los longe de alimentos que estão fazendo a produção de etileno.

 

  • Adriana Boganha é nutricionista e mestra em Educação em Saúde.
  • Nutricionista ambulatorial do Hospital Adventista de São Paulo.
  • Docente do Curso Técnico em Nutrição e Dietética do Colégio Adventista de Granja Viana e da Escola de Educação Permanente HC – Faculdade de Medicina da USP.
  • Contatos: Facebook



PESQUISAR:

Débora Campos - autora
apoie o blog viverdequê?
quer anunciar no viverdequê?