Alimentos refinados? Para que, se existem os integrais?! | VIVERDEQUÊ?
Fechar

Inscrição para o Curso: LEITES VEGETAIS - 10 NOV


30.jun
30.jun
Alimentos refinados? Para que, se existem os integrais?!

São considerados refinados todos os produtos que não estão em condição integral, ou seja, foram industrialmente “lapidados” para ficarem mais estéticos e/ou saborosos. Mas, essa ação elimina partes importantes desses alimentos para a nossa saúde. No caso dos grãos, por exemplo, eles perdem as cascas e, assim, vão embora as fibras e junto com elas, os nutrientes e vitaminas. As fibras naturais dos alimentos são essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo, porque auxiliam na absorção de gorduras, limpeza de toxinas e são eficientes para o bom funcionamento do intestino.

 

Substitua, em favor da saúde!

As versões “brancas” são pobres em nutrientes, como vitaminas, fibras e minerais. Também costumam ser um pouco mais calóricas e geram menos saciedade. Sendo assim, que tal pensar com carinho em comprar pães, biscoitos, farinhas, bolos, macarrões, arrozes, açúcares etc. na versão integral?

 

Confira alguns benefícios de fazer essa troca inteligente

 Em comparação com os refinados, os alimentos integrais proporcionam:

  1. Previnem diabetes e doenças arteriais (é bom para a saúde de quem já é acometido também);
  2. Evitam gases e prisão de ventre;
  3. Fornecem fósforo e ferro para o organismo;
  4. Ajudam a controlar o colesterol e os triglicerídeos;
  5. Previnem formação de cânceres, especialmente o de cólon;
  6. Proporcionam mais saciedade e são bons itens para dietas de perda de peso.

 

Se quiser saber mais sobre os produtos e os alimentos integrais, leia a matéria publicada aqui no dia 16 de junho. 😉

 

Débora Campos

Publicitária, estudante de Gastronomia (Senac) e apaixonada por culinária saudável, fotografia e viagem.

 




PESQUISAR:

Débora Campos - autora
apoie o blog viverdequê?
quer anunciar no viverdequê?